14 de jul de 2012

FAIRY TALES, FLOWER FAIRIES & PAINTINGS - SERES ELEMENTAIS

Seres elementais, lápis de cor sobre papel, Larissa Amanda Corecco Calado















Seres elementais, lápis de cor sobre papel,
Larissa Amanda Corecco Calado


Estivemos conversando sobre este misterioso mundo dos elementais, que permeia minha vida, assim como a dos meus filhos. Hoje, tenho o prazer de dividir com vocês um pouquinho da arte de um deles. Uma imersão por entre cores e suas nuances que retratam estes seres de luz com beleza e sensibilidade.
Também lhes trago um texto que tive o prazer de ler no site "Espiritismo para todos" e que de certa forma, levanta uma pontinha do véu, que encobre nossa visão. Me acompanhe um pouquinho por este caminho de luz...


"A existência dos elementais, segundo os antigos anciãos e sábios do passado, explicava a dinâmica do universo. Como seres reais, eram responsabilizados pelas mudanças climáticas e correntes marítimas, pela precipitação da chuva ou pelo fato de haver fogo, entre muitos outros fenômenos da natureza. Apesar de ser uma explicação mitológica, própria da maneira pela qual se estruturava o conhecimento na época, eles não estavam enganados. Tanto assim que, apesar de a investigação científica não haver diagnosticado a existência concreta desses seres através de seus métodos, as explicações dadas a tais fenômenos não excluem a ação dos elementais.


Os sábios da Antiguidade acreditavam que o mundo era formado por quatro elementos básicos: terra, água, ar e fogo.
Os elementais são entidades espirituais relacionadas com os elementos da natureza. Lá, em meio aos elementos, desempenham tarefas muito importantes. Na verdade, não seria exagero dizer inclusive que são essenciais à totalidade da vida no mundo. Através dos elementais e de sua ação direta nos elementos é que chegam às mãos do homem as ervas, flores e frutos, bem como o oxigênio, a água e tudo o mais que a ciência denomina como sendo forças ou produtos naturais.
As fadas são seres de transição entre os elementos terra e ar. Note-se que, embora tenham como função cuidar das flores e dos frutos, ligados à terra, elas se apresentam com asas. Pequenas e ágeis, irradiam luz branca e, em virtude de sua extrema delicadeza, realizam tarefas minuciosas junto à natureza. Seu trabalho também compreende a interferência direta na cor e nos matizes de tudo quanto existe no planeta Terra. Como tarefa espiritual, adoram auxiliar na limpeza de ambientes de instituições religiosas, templos e casas espíritas. Especializaram-se em emitir determinada substância capaz de manter por tempo indeterminado as formas mentais de ordem superior. Do mesmo modo, auxiliam os espíritos superiores na elaboração de ambientes extra-físicos com aparências belas e paradisíacas. E, ainda, quando espíritos perversos são resgatados de seus antros e bases sombrias, são as fadas, sob a supervisão de seres mais elevados, que auxiliam na reconstrução desses ambientes. Transmutam a matéria astral impregnada de fluidos tóxicos e daninhos em castelos de luz e esplendor.
Ondinas, sereias, gnomos e fadas são apenas denominações de um vocabulário humano, que tão-somente disfarçam a verdadeira face da natureza extrafísica, bem mais ampla que as percepções ordinárias dos simples mortais. Em meio à vida física, às experiências cotidianas do ser humano, enxameiam seres vivos, atuantes e conscientes. O universo todo está repleto de vida, e todos os seres colaboram para o equilíbrio do mundo. A surpresa com a revelação dessa realidade apenas exprime nossa profunda ignorância quanto aos "mistérios" da criação."


Fonte:
Livro: Aruanda
Médium: Robson Pinheiro
Espírito: Ângelo Inácio
Editora: Casa dos Espíritos Editora



6 comentários:

  1. Ashkenazimjulho 14, 2012

    Maravilhoso !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atelier FAZENDO ARTE DMCjulho 15, 2012

      Os desenhos e pinturas de Larissa Corecco Calado são imbuídos de extrema beleza e sensibilidade para com o mundo etérico, o que os torna profundamente belos.

      Excluir
  2. Belos trabalhos!
    Sobre elementais, o último parágrafo do texto é muito exato quando afirma que são fenômenos de natureza extrafísica. Nesse sentido, se forem a BH, confiram no altar mor da Igreja de São José representações de silfos, ondinas etc. Estão nas paredes laterais, pintadas como se fosse papel de parede. Também, Rudolf Steiner e Eliphas Levi possuem abordagens interessantes sobre os elementais.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado Leandro,
    me honra muito sua visita por aqui. Não conheço a Igreja de São José mais um dia com certeza terei este prazer. Se quiseres me enviar fotos destas representações de silfos e ondinas na igreja mencionada ficarei feliz em postá-las aqui para que todos possam apreciá-las, se quiseres adicionar algum texto seu, fique a vontade, e me envie via e-mail, dmccalado@yahoo.com.br. Quanto a Rudolf Steiner, com certeza um livro de fácil compreensão para todos sobre o assunto e que posso recomendar seria o "Seres Elementares e Seres Espirituais: Sua Existência e Sua Atuação". Quanto a Eliphas Leví, valeu pela dica, não o conhecía! Grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Parabéns! Adorei! Parabéns para Larissa pelos desenhos/pinturas! Ela é uma artista sensivel. Sou fã dela....e de vc. também, Delia!

    Só hoje aprendí de postar no seu blog !!!

    ResponderExcluir
  5. Seja muito bem vinda por aqui! Fico feliz que tenhas conseguido, que bom!
    Obrigada mesmo, tivemos a quem puxar, né! Bjs

    ResponderExcluir

Blogger Wordpress Gadgets