28 de dez de 2015

MARK OLICH (МАРК ОЛИЧ) – FOTÓGRAFO – A ARTE DE CAPTAR A LEVEZA DO CORPO E DA ALMA.

Mark Olich, Conceptual Photography.


“E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música.” - Friedrich Nietzsche


Mark Olich, Conceptual Photography.


Mark Olich nasceu em Omsk em 1974 e atualmente vive em St. Petersburg, Rússia. Formado em teatro e em artes descobriu sua paixão pela fotografia em 2002. Ao se mudar de sua cidade natal para St. Petersburgo de inicio diz ter sofrido de uma crise de falta de criatividade e procurou emprego como cenógrafo, sendo contratado para tal para as apresentações no Teatro Mariinsky em São Petersburgo. Foi ali que se aventurou a capturar os bastidores das apresentações de balé e também dos longos dias de treinos dos bailarinos. O objetivo era o de retratar a fronteira tênue existente entre o que separa os bastidores dos palcos diferenciando a vida árdua e comum do glamour nos palcos na vida de um bailarino. Sua sensibilidade em captar estes momentos singelos dando-lhes beleza quase que teatral e transformando cada imagem em um quadro, como se tivesse sido pintado com tintas em vez de luz, fez com que logo fosse notado e requisitado para trabalhar como fotógrafo oficial do teatro.


Mark Olich.


Mark Olich at work.


Teatro Mariinsky em São                                                             Petersburgo.

Teatro Mariinsky em São Petersburgo, pátio interno.


Auditorium - Mariinsky                                                                                  theatre curtaine A.Golovin.


Mariinsky Ballet Company – photo by Mark Olich.

 Waiting at backstage - Photo by Mark Olich.    



Waiting at backstage - Photo by Mark Olich.  

Mark Olich Ballet Photography    


Student of Vaganova Ballet Academy - Photo by  Mark Olich.


Mariinsky Ballet Company – photo by Mark Olich.


Mariinsky Ballet Company – photo by Mark Olich.























Dançar é viver, voar sem ter asas, é expressar coração, é dizer sem falar uma palavra. Um dueto de passos, giros, saltos, leveza efêmera, suavidade de movimentos, pura poesia  transformada em gestos, eis o balé, assim é a dança. O mundo silencia e dá lugar á magia em forma de arte. Um vislumbre da união entre o material e o espiritual, o humano e o divino.

Mariinsky Ballet Company                                                                         – photo by Mark Olich.


                      Mariinsky Ballet Company photo by Mark Olich.


Mariinsky Ballet Company                                                                       photo by Mark Olich.



Mariinsky Ballet Company photo by Mark Olich



Mariinsky Ballet                                                                             Company photo by Mark Olich.


Mariinsky Ballet photo by Mark Olich.


Entre a luz e as sombras levitam os corpos, ora se alongando, ora se encolhendo, harmonia entre curvas e retas por onde ondulam os ritmos e compassos. Há beleza e sedução, feitiço e encanto. Pelas frestas do tempo, o momento tão fugaz se faz eterno. 


Mariinsky Ballet photo by                                                         Mark Olich.


Photo by Mark Olich.         



By Mark Olich.                               


Photo by Mark Olich.      


Ulyana Lopatkina and                                                                         Danila Korsuntsev


Mariinsky Ballet photo by Mark Olich.     


Bailarinos se lançam em absoluta confiança ao espaço vazio, após centenas de ensaios, dançam como que escrevendo um poema com seus corpos, como que desenhando um quadro no ar. Dançam como se soubessem que dançar é o segredo da eterna liberdade.


           Elisa Carrillo Cabrera.



Mariinsky Ballet Company – photo by Mark Olich.



Mariinsky Ballet Company –                                                               photo by Mark Olich.


Mariinsky Ballet Company – photo by Mark Olich.



Mariinsky Ballet Company                                                                     – photo by Mark Olich.


Mariinsky Ballet Company – photo by Mark Olich.


Mariinsky Ballet Company                                                                          – photo by Mark Olich.



Este é o mundo pelo qual o fotógrafo russo Mark Olich transita. Através das lentes de suas câmaras ele é capaz de captar a arte que está intrínseca em cada gesto, sabe colher como ninguém a essência de cada passo, e vai além, descrevendo em imagens silenciosas e cheias de significado, não apenas o dia a dia dos bailarinos, mas também suas almas, que se revelam diante de seu olhar. 


Mariinsky Ballet Company photo by Mark Olich.



Mariinsky Ballet Company  - photo by Mark Olich.


Photo by Mark Olich -                                                                            Saint Petersburg.


Mariinsky Ballet Companyphoto by Mark Olich.

Mariinsky Ballet Company                                                                          – photo by Mark Olich.



Mariinsky Ballet Company photo by Mark Olich.



Photo by Mark Olich -                                                                            Saint Petersburg.



Photo by Mark Olich 

     
         Photo by Mark Olich.



Backstage - Photo by                                                                    Mark Olich.


                   Eifman Balle - Mark Olich Photography – Red Giselle.


Photo By Mark Olich - Saint Petersburg.


































Eifman Balle - Mark Olich                                                                              Photography – Red Giselle.



Seus trabalhos estão impregnados do mundo do teatro e da dança e transmitem uma emoção profunda, um amor pela arte do movimento capturando momentos únicos no palco e atrás das cortinas revelando-nos um mundo fascinante e belo. Mark segue apenas uma regra fundamental ao fotografar: a de jamais interferir e, para tal tenta se manter no anonimato, o mais oculto possível o que lhe permite fotos completamente naturais e genuínas da vida que pulsa no dia a do Teatro Mariinsky.


Mark Olich Photography 


Waiting - Mark Olich                                                                             Photography.


     Backstage - Mark Olich Photography.


Entering on stage - Mark                                                                  Olich Photography.


 Like a flower - Photo by Mark Olich.


Mariinsky Ballet Company                                                                       photo by Mark Olich.



Diana Vishneva in Alexei Ratmansky’s Anna Karenina, Mariinsky Ballet 


Mariinsky Ballet Company                                                                       photo by Mark Olich.



Mariinsky Ballet Companyphoto by Mark Olich.


Mariinsky Ballet Company   - photo by Mark Olich.


Mariinsky Ballet Company                                                                       photo by Mark Olich.


"A Dança é a única arte na qual nós mesmos somos o material de que ela é feita." - Ted Shawn


Water Lily - Photo by Mark Olich.



Mark Olich.


The Ballerina dream - Mariinsky Ballet Company  - photo by Mark Olich

Texto - Delia Corecco Steiner.

2 comentários:

  1. A implacável lente de Mark Olich constrói um significado, faz uma escolha, seleciona um tema e conta uma história, restando-nos o imenso desafio de lê-la.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Delia Corecco Steinerjaneiro 12, 2016

      Obrigado por suas palavras que traduzem a sua sensibilidade nata.

      Excluir

Blogger Wordpress Gadgets