7 de jan de 2014

ADOLF HÖLZEL – DO REALISMO A ABSTRAÇÃO.

                          Adolf Hölzel, Grüne Anbetung, 1908/1909


"In meinen Zeichnungen sind die Grundlagen meiner Bilder gegeben. Gewissermaßen das Urbild, wie wenn man bei Ornamenten von Urformen spricht. Formeln verschiedener Art, teils verstandesmäßig konstruktiv, teils Gefühlsausdruck, zufällig dann auch aus direkt handlichen Übungen, bestimmten gleichmäßigen Linienschwingungen entstanden." - Adolf Hölzel.
"Em meus desenhos podemos encontrar as bases da minha pintura. Assim por dizer, o arquétipo, como se falassemos de formas ancestrais ao mencionar ornamentos. Preceitos de diversos tipos são assim criados, ora intelectualmente construtivos, ora apenas uma expressão de sentimentos, advindos como que casualmente de dinâmicas aleatórias conferindo certas oscilações às linhas uniformes." - Adol Hölzel.
 
 
 
        Anbetung, Madonna mit zwei Engel – 1907 – Öl auf Leinwand Adolf Hölzel.
 
 
 
                                                                  Adolf Hölzel
 

Adolf Hölzel (13 de maio de 1853 - 17 de outubro 1934)


Artista alemão e pintor.  Seu estilo vai do Realismo, passando pelo Impressionismo finalmente chegando ao Modernismo expressivo.  Adolf Hölzel nasceu  filho de um comerciante de livros e litógrafo na cidade da Morávia de Ohlmütz em 13 de maio 1853. Ele foi criado para participar dos negócios de seu pai e começou a trabalhar ainda muito jovem. Em 1868, ele começou um estágio como tipógrafo em Gotha enquanto tinha  aulas de desenho e pintura, pelos quais era apaixonado.
 
Hölzel Familie - 1860.
 
 
De 1872 a 1873 frequentou a Academia de Viena onde se revelou um aluno extraordinário e, posteriormente, ele completou o serviço militar de um ano como voluntário considerando uma carreira como oficial, depois de passar no exame.
 
                                      Portrait Emmy Hölzel - 1890.
 
Dachauer Bauernmädchen - 1899.
 
 
 
Sonnige Häuser im Moos – 1902 - Adolf Hölzel.
 
Adolf Hölzel, Akt vor gelber Wand, um 1908/10  - Expressiver Realismus.
 
 
 
        Komposition - Adolf Hölzel - 1917.
 
 
Adolf Hölzel-Ohne-Titel-1925.
 
Quando ele finalmente decidiu em favor da pintura, embora contra a vontade de seu pai, Hölzel foi para Munique, a fim de continuar seus estudos de arte na academia de artes local. Em 1888, mudou-se de Munique para Dachau, onde ele se tornou o chefe da comunidade artística "Neu-Dachau", conhecendo Fritz von Uhde (pintor alemão, seu estilo se encontra entre o Realismo e o Impressionismo), se inspirando no estilo impressionista do mesmo. Em 1906, Adolf Hölzel foi chamado para a Academia de Artes de Stuttgard, onde ocupou uma cadeira de professor até o ano de 1918.
 
Selbstportrait - Adolf Hölzel - 1887.
 
Paar am Wasser - Adolf Hölzel - 1902.
 
Three Nudes - Adolf Hölzel - 1908.
 
 
 
                                          Anbetung - 1912 - Adolf Hölzel.
 
Adolf Hölzel-Fuge ueber ein Auferstehungsthema - 1916.
 
Gradualmente seu estilo passou a incluir configurações de preto e branco usando a forma invês da cor como canal para representação de experiências interiores, assim  desenvolveu estudos de cor bidimensionais, não representacionais com espirais e circulos que se trespassam.
 
Anbetung vor Häusergruppe - 1915 - Adolf Hölzel.
 

 

Lange Figuren - Adolf Hölzel - 1914.
 

                                              Gartentreppe mit Figuren - 1916.




Análises próprias feitas a partir de estudos da teoria da cor de Goethe levou-o a uma pintura de formação de campos de cor abstratas. Hölzel revelou-se como um importante pioneiro do Modernismo. Os pensamentos e ensinamentos de Hölzel sobre a arte foram àvidamente assimilados por seus alunos, dentre eles os famosos (Johannes Itten, Oskar Schlemmer e Willi Baumeister) moldando as futuras gerações de artistas até hoje.
 
Abstraktion II - 1915 Adolf Hölzel.
.

 
                                     Kreiskomposition - Adolf Hölzel.
  
 
Heilige Ursula - 1914 - Adolf Hölzel.
 
 
Seus métodos de ensino inovadores o fizeram  muito popular  entre artistas da Alemanha e no exterior. A chamada  "Escola de Hölzel" não consistia de qualquer autoridade real, ele  simplesmente começou a dar aulas de pintura, teoria da cor (com base em estudos de Goethe), de  composição, etc. no estúdio de artes de seu amigo Langhammer.
 
Komposition in Rot
                                                                        Adolf Hölzel.
  
 
 
Begegnung - Adolf Hölzel.
 
 
 
Adolf Hölzel und Schüler (Adolf Hölzel e seus alunos).
 
 
 Adolf Hölzel an der Arbeit (Adolf Hölzel trabalhando).
 
 
Adolf Hölzel também escreveu trabalhos teóricos, que tiveram um efeito sobre a próxima geração de artistas como Johannes Itten e particularmente Oskar Schlemmer, dois futuros membros do  Bauhaus, que cuidadosamente se dedicaram aos seus escritos.
 
Dos escritos de Adolf Hölzer.
 
 
 
 
Na década de 1920 a sua série de pastéis veio à público. A ela, assim como ao trabalho de arte em vidro para arquitetura sacra secular, Hölzel dedicou seus últimos dez anos de vida. Em 1934 Hölzel, um dos mais importante precursores da arte moderna, falece aos 81 anos de idade, em Stuttgart.
 
                             Pastell - Figürliche Komposition - 1928 - Adolf Hölzel.
 
Pastel and Indian Ink -1918 Komposition über geometrische Formen - Adolf Hölzel.
 
Rathausfenster - Adolf Hölzel - arte em vidro.
  
 
                                Bahlsenfenster - arte em vidro - Adolf Hölzel.
 
                            Rathausfenster – Adolf Hölzel - arte em vidro.
 

Em última análise, o grande reconhecimento que esperava, segundo ele, lhe foi negado em vida. Pouco antes de sua morte, ele escreveu: "Eu desejo que ninguém seja perturbado através da minha morte, uma vez que sei quão poucas pessoas entenderam de fato minha vontade artística e portanto compreenderam minha alma".
 
                                Woman in wood - 1906 - Adolf Hölzel.
 
Mutter mit Kind - Adolf Hölzel.
 
 
                                     Biblische Begegnung - Adolf Hölzel.
 
 
                                     Adolf Hölzel - Segelboot Knokke - 1913.
“Mit aller Energie und Liebe tätig sein, denn Kunst ist Liebe, Energie und Tat gesteigert bis zur höchsten Leidenschaft für die Kunst und ihre seltsamen Wunder.” - Adolf Hölzel
"Sê ativo com toda energia e amor, porque arte é amor, energia e ação elevadas à paixão pelo ofício e pelos seus insondáveis milagres." - Adolf Hölzel
 
Adolf Hölzel um 1930.
 
 
Mutter mit Kind - Adolf Hölzel.
 
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogger Wordpress Gadgets