30 de mai de 2013

ARBORESCULTURA: A ARTE ECOLÓGICA.


“A natureza é o único livro que oferece um conteúdo valioso em todas as suas folhas.” Goethe.


 
O artista David Kemp se deixa inspirar  por paisagens, naturais ou provocadas pelo homem. Ele recicla materiais para novas obras de arte. Sua escultura chamada “The Ancient Forester” foi encomendado pelo Grizedale Forest, no noroeste da Inglaterra para a sua colecção de esculturas ao ar livre.
 
 Tree shaping.
 

Arborescultura é uma técnica muito curiosa e interessante de arte. São usadas àrvores vivas para se criar esculturas. Vale salientar que, esta técnica se mostra ecológicamente correta, uma vez que as àrvores utilizadas não serão cortadas  e sim transformadas em objetos de arte, decoração e utilitários enquanto vivas. Porém, a Natureza pede paciência e a paciência requer tempo, tempo para que as àrvores possam crescer e serem moldadas.
 Tree Shaping by Axel Erlandson.
 
                                     Tree shaping by Peter Cook.
A arborescultura tem sido praticada há varias centenas de anos como demonstram as pontes vivas construídas das raízes de certas espécies de àrvores, na Índia pelo povo Khasi. Na maior parte do mundo, quando é necessária uma ponte a mesma é construída a partir de madeira, aço ou concreto. Mas, em Cherrapunji no nordeste da Índia, os habitantes ainda têm a paciência de seus ancestrais. Eles aprenderam a simplesmente “persuadir” as árvores próximas aos rios e riachos a crescerem em pontes naturais. O processo leva muitos anos, mas o resultado é completamente natural, surpreendentemente forte, e se parece com algo saído de um maravilhoso mundo de fantasia.
Meghalaya bridge.
 
 
Root Bridge India.
 
 Living Root Bridge, Cherrapunjee, India.
 
Living Root Bridge.
 
A idéia é conseguir formar diferentes formas com os galhos das árvores que estão crescendo. Os artesãos, artistas ou arquitetos da natureza controlam o crescimento da planta para que ela ganhe o formato desejado.

Living Tree Shaping sculpture.
 
                             Tree people by Peter Cook and Becky Northey

Richard Reames é um destes artistas contemporâneos, responsável por este tipo de  escultura. Ele sempre viveu no meio de árvores, gazebos, móveis e casas na árvore. Toda essa vivência serviu de inspiração para as arboresculturas que ele produz.
Richard Reames
 
 
 Richard Reames Tree Shaping with his white cat.
 
 
Peace by Richard Reames.
 
 
 Ecological water tap
  
Peter Cook and Becky Northey, são reconhecidos como os líderes mundiais neste tipo de arte e fundadores da “Pooktre”: uma nova maneira de ver as árvores. Juntos, eles têm dominado a arte de moldar árvores com uma profunda compreensão e respeito para com a sabedoria da natureza, se colocando em perfeita harmonia com a mesma. Eles vivem nas montanhas cercadas por milhares de hectares de paisagem selvagem. Ensinam seus filhos sobre o amor e o respeito aos animais que partilham a paisagem e a sua casa, assim como, a se inserirem no fluxo da natureza que os envolve.
 
 Peter Cook, Becky Northey with family.
 
Table tree shaping.
 
 
   Tree people by Peter Cook and Becky Northey.

Tree shaping gazebo.

Peter Cook.
 
 
A universidade de Tel Aviv (Israel), mais precisamente o Sarah Racine Root Research Laboratory em parceria com a empresa PlantWare, descobriu algumas espécies de plantas que crescem aeroponicamente (ou seja, que crescem no ar, ao invés de na terra ou na água) não ficam tão duras quanto às que crescem nos métodos tradicionais. Isso, claro, facilitou o trabalho para moldar os galhos e os ramos. O objetivo é transformar árvores vivas em um novo material de construção, fazendo contribuições efetivas para o ecossistema.
 
                                      Plantware echo- architecture.
 
Prof. Amram Eshel.
 
 
Prof. Yoav Waisel.
 
 
Sob a orientação dos Professores Yoav Waisel e Amram Eshel, ( da Universidade de Tel Aviv) o projeto piloto da “Eco-Arquitetura”  teve aceitação imediata nos Estados Unidos e na Austrália, além de claro, em Israel. Os projetos urbanísticos incluem bancos de parques e hospitais, esculturas para parquinhos infantis, postes, luminárias, portões assim como paradas de ônibus que dão sombra pela própria folhagem. Vejam alguns exemplos a seguir:
 
 Tree Hugger Eco Park Project.
 
 
Bus Shelter Project.
 
 
Street Benches Project.
 
Street Lighting.
 
 
Decorative objects.
  
 
 Eco Village project.
 
Saber respeitar a natureza e os seres vivos é uma arte a qual ainda não dominamos completamente, mas quero crer que estamos nos esforçando. Depende de cada um de nós!
 Vegetalcity project by Luc Shuiten.
 
 
 
O Projeto acima pertence a três jovens arquitetos alemães que estão elaborando estruturas feitas de árvores vivas incluindo o pavilhão para concertos no centro de Stuttgart.
 "Em todas as coisas da natureza existe algo de maravilhoso." Aristóteles.

 

5 comentários:

  1. Meu Deus, é lindo demais! Eu realmente não conhecia esses trabalhos maravilhosos. Obrigada Delia ! Seus posts são sempre muito interessantes. Continue assim! Bjs da Muetti

    ResponderExcluir
  2. DELIA CORECCO STEINERjunho 02, 2013

    Obrigado pela visita ao Blog e pelos incentivos.Bjs no coração!

    ResponderExcluir
  3. Fantástico o que o homem pode criar em conjunto com as maravilhas da natureza...
    Espero que este post inspire milhões de arquitetos e governantes a aderir a construções ecológicas e completamente naturais...

    ResponderExcluir
  4. Oi, tenta descobrir por gentileza com qual especie de arvore ele faz isso? Se descobrir me manda por favor no email lecanova@hotmail.com
    MUITO BOM!!!

    ResponderExcluir
  5. Olha pelo que pude averiguar são usadas àrvores vivas como o carvalho e a bétula.O lariço e a aveleira também são usados.Espero ter lhe ajudado, porém qualquer coisa procure por Tree shaping no Google e talvez consiga saber mais espécies, ou espécies equivalentes no Brasil.Grande abraço.

    ResponderExcluir

Blogger Wordpress Gadgets