23 de jun de 2013

19.000 VISITAS

 
 

"Arte é a eliminação do desnecessário". -Pablo Picasso

“Art is the elimination of the unnecessary. ” -Pablo Picasso

"Kunst ist die Eliminierung der Überflüssigkeit." -Pablo Picasso

"L'arte è l'eliminazione del superfluo."-Pablo Picasso

"El arte es la eliminación de lo innecesario".-Pablo Picasso

"L'art est l'élimination de l'inutile."-Pablo Picasso


Obrigada pela sua visita. Volte sempre e traga novos amigos.

Thank you for your visit. Come back often and bring new friends.

Ich danke Ihnen für Ihren Besuch. Kommen Sie oft zurück und bringen Sie neue Freunde.

Grazie per la vostra visita. Torna spesso e portate nuovi amici.

Gracias por visitarnos, y vuelve a menudo con nuevos amigos.

Je vous remercie de votre visite. Revenez souvent en apportant de nouveaux amis.

21 de jun de 2013

RICHARD BURLET – NAS PEGADAS DA ART NOVEAU

 
 
"Memórias, quanto mais distantes forem, mais interessante elas ficam, porque serão distorcidas pelo tempo e pela vida, reaparecendo através de certas cores, certas formas e mesmo assim permanecendo nebulosas." Richard Burlet
 
 

Existem certos movimentos artísticos que nunca saem de moda: a Art Nouveau pode ser incluida entre eles. Altamente estilizada porém ainda em harmonia com a natureza; ornamental mas profundamente filosófica, ousada, polêmica e ainda assim totalmente refinada, a Art Nouveau continua a agradar e surpreender a todos.
 



 
 
Richard Burlet é um dos artistas contemporâneos mais marcantementes e revigorantes que seguem a tradição da Art Noveau. Francês, nascido em 1957, começou a pintar aos 12 anos de idade. Ainda em Nice estudou artes plásticas sendo aceito depois na prestigiada ”École Nationale Supérieure des Beaux Arts”, em Paris, onde estudou por dois anos. Considerado um artista abstrato figurativo, suas pinturas nascem de uma inspiração que é francesa por inclinação e vienense por influência.
 
                                              Richard Burlet

 

 O imaginário complexo de pinturas figurativas de Burlet rende homenagem a uma tradição na arte que reinou suprema em Viena no final de 1800. A paixão de Richard Burlet viria a ser as obras de Klimt, nas quais se inspirou fortemente, empregando sua paleta de cores vibrantes, quentes e ricas assim como a incorporação de folhas de ouro e prata.
 






 Quando não estava pintando, recorria a sua segunda paixão, viajar. Suas viagens o levaram muitas vezes para Ásia e ao Oriente Médio. As impressões que estes lugares tiveram sobre Burlet deixaram rastros em seus traços e pinceladas.

Fassade 1


Orientale

 
 
Fassade 2
 


Em suas pinturas podemos observar um quê de mundano combinado com uma beleza sensual, qualidades associadas a estas regiões exóticas do mundo.
 
 
 
 
Suas pinturas marcantes são tão emblemáticas quanto bonitas e individuais. Expressam personalidades únicas que parecem fluir, misturando-se aos detalhes ornamentais cuidadosamente escolhidos, entrelaçando composições ricamente coloridas da pintura a óleo com colagens que não visam apenas embelezar a arte, mais tornar-se seu conteúdo. O uso da colagem em sua pintura cria ainda uma miríade de cores superpostas que distingue profundidade de superfície, dando origem a interação entre a figura e o fundo, que são finalmente a chave de suas criações.
 
 
 
Em sua arte Richard Burlet evoca a um estado flutuante de sonho em que a fantasia liquefaz o mundo, colorindo e inclinando-se para seus próprios desejos. Sem perder a percepção da realidade, este artista descobre o paraíso, onde os sonhos são coloridos e brilhantes, onde a imaginação é infinita, onde a sensação e a emoção estão expostos a nós, como um presente de um mestre único.
 
 
 
 
 
 
 

11 de jun de 2013

17.000 VISITAS.




 
"Fecho meus olhos para ver." (Paul Gauguin)

"I close my eyes to see." (Paul Gauguin)

"Ich schließe meine Augen, um zu sehen." (Paul Gauguin)

"Cierro mis ojos para ver." (Paul Gauguin)

"Je ferme mes yeux pour voir." (Paul Gauguin)

"Chiudo i miei occhi per vedere." (Paul Gauguin)
 
Passamos das 17000 visualizações. Muito obrigado!
Estão todos convidados a continuarem nos brindando com suas visitas.

Bem vindos!

Wir überschritten 17.000 Views. Besten Dank!
Jeder von Euch ist eingeladen, seinen Besuch in unserem Blog fortzusetzen.

Seid alle recht Herzlich Willkommen!

Pasamos de 17.000 visitas. ¡Gracias!
Todos están invitados a continuar visitándonos.

¡Bienvenido!

Nous sommes passés de 17.000 vues. Je vous remercie!
Tout le monde est invité à poursuivre de nous rendre visite.

 Bienvenue!

Siamo passati da 17.000 visualizzazioni. Grazie!
Tutti sono invitati a continuare a visitare il nostro blog.

Benvenuto!

9 de jun de 2013

ZVIAD GOGOLAURI – UMA PITADA DE ARTE DA GEÓRGIA.

 ZVIAD GOGOLAURI - FRIENDS
 

O artista contemporâneo Zviad Gogolauri, nascido em 28 de janeiro de 1969, em Rustavi, Geórgia, é um daqueles artistas cujos trabalhos nos chamam a atenção. Seus quadros notavelmente conservam a identidade da arte georgiana por um lado, e por outro - é uma atividade criativa individual - sem referência às circunstâncias nacionais.
ZVIAD GOGOLAURI.
 
ZVIAD GOGOLAURI RECEBENDO O PÚBLICO NA EXPOSIÇÃO
"GEORGIAN RHAPSODY".
 
 
ZVIAD GOGOULARI - OIL ON CANVAS
 
Um passeio por imagens femininas com um quê de mistério, suas peças de vestuário urbanas típicas, nos remetem ao século passado, sem porém, perder seu encanto, sua contemporaneidade.
 

WOMEN WITH FRUITS - ZVIAD GOGOLAURI
 
 AT HOME - ZVIAD GOGOLAURI
 
 
 
 
 
CAUCASIAN WOMEN - ZVIAD GOGOLAURI
 

Em muitas das imagens, gatos são retratados, talvez porque o feminino e os felinos se associam de alguma forma.
                                        LADY WITH CAT -  ZVIAD GOGOLAURI
 
 ZVIAD GOGOLAURI - OIL ON CANVAS

ZVIAD GOGOLAURI - OIL ON CANVAS
 
 

Em uma sucessão de formas e de cores, Zviad Gogolari nos introduz ao seu mundo, a orbe do feminino, ou ainda em outras telas, construindo um universo inteiro, onde tudo é agradável e acolhedor, onde os moradores dos prédios retratados jogam, tocam piano ou violino, conversam... enfim, vivem o dia a dia em seus apartamentos com paredes caiadas de branco.
 
 CITY - ZVIAD GOGOLAURI.
 
 OLD HOUSE - ZVIAD GOGOLAURI
 
 OIL ON CANVAS - ZVIAD GOGOLAURI
 

Na esfera de sua pintura reinam a harmonia de sentimentos e a admiração entusiasmada pela cor em uma habilidade brilhante de nos fazer ver o belo.
 
 WOMAN WITH UMBRELLA - ZVIAD GOGOLAURI
 
                                           MUSIC STREET - ZVIAD GOGOLAURI
Blogger Wordpress Gadgets